sexta-feira, 28 de maio de 2010

Bota distância nisso!

Adoro quando pego um livro gostoso, em que a leitura flui e mesmo não sendo o tema mais legal do mundo o enredo leva a imaginação longe e nos tira do mundo real. Mas vamos combinar que não é todo livro que é assim!

O último que li que me deixou um pouco frustrada foi A distância entre nós (Editora Nova Fronteira). Não que seja ruim, a história é boa, mas o ritmo dele cansa! (pelo menos para mim). Dormi muitas vezes lendo este livro.

A história se passa na Índia e mostra bem a questão das castas e preconceitos existentes ainda nos dias de hoje por lá. Engraçado como, um tempo depois de ter lido, começou a novela da Rede Globo Caminho das Índias. Imediatamente lembrei das teorias da comunicação que estudo: os veículos de comunicação são dialógicos, eles conversam entre si e um prepara os caminhos para os outros. Também lembrei de uma palestra que fui em que a palestrante lembrou que a pesquisa na emissora em questão é levada a sério e fundamental para os programas, em especial nas novelas.

Cansei com o livro, mas vi as teorias na prática!

P.S: Esta é uma opinião pessoal, não sou crítica de literatura, sou apenas apaixonada por livros e mesmo os que eu não gosto muito faço questão de terminar!

2 comentários:

  1. Verdade, hahaha! Lembro disso! Mas é muito sutil, a gente só percebe que estavam preparando o caminho depois que a bomba estoura... Qual será a próxima?

    ResponderExcluir
  2. Pois é J. Colin estas coisas são muito sutis e só mais tarde nos damos conta. Como mudar tudo isso não sei, mas conhecer estas artimanhas já é um bom começo. Um abraço e venha sempre.

    ResponderExcluir